Arautos do Evangelho e Exorcismos - Violência contra o pobre demônio a papeletadas plastificadas

Exorcismos – Violência contra o pobre demônio

Violência contra o pobre demônio

Caríssimo leitor, antes de esfregar o focinho do porco na terra, acho por bem chamar a atenção sobre um ponto na Doutrina Católica, que pode não ser muito claro para muitos católicos – mas que deveria ser – no que se diz respeito ao exorcismo. Eu cogito que alguns devem presumir: Oh! Uma violência contra o pobre demônio.

De forma bem sucinta, segundo o Catecismo da Igreja Católica – CIC, o exorcismo tem por finalidade expulsar o demônio de lugares ou almas, ou então livrar de influências demoníacas as pessoas, coisas e lugares. Mas, erroneamente, o termo exorcismo muitas vezes fica entendido como apenas o ato litúrgico do exorcismo solene, o qual é regulamentado pelo Direito Canônico.

Mas, há duas classes de exorcismos, a de culto público, que corresponde ao ato litúrgico solene, conforme descrito pelo Direito Canônico. E também o de culto privado, que corresponde a qualquer tipo de oração, prece, recitação do Rosário, Vias-Sacras, com a presença de autoridades eclesiásticas ou não.

Pessoas menos habituadas à linguagem eclesiástica podem tirar conclusões equivocadas dos termos “culto público” – ou seja, litúrgico – confundindo com o “ato de piedade privado” ou “culto privado”, que pode contar com a presença de numerosa assistência, sem ser, de modo algum considerado “culto público”.

É muito importante ter claramente a diferença dos dois termos para evitar qualquer tipo de engano.

E agora desçamos das estrelas às batatas.


O ato violento

Após a difusão criminosa de alguns vídeos onde se mostra Monsenhor João realizando alguns exorcismos de culto privado – é sempre bom esclarecer aos menos letrados e aos letrados de mal espírito – e aparece batendo em uma filha espiritual com um papel plastificado incapaz de causar dano algum, levantou-se então uma onda, alastrando suas malícias pegajosas, envolvendo qualquer pobre despreparado.

Grunhiram contra a infidelidade de Monsenhor João à Santa Igreja Católica. Zurraram contra a heresia dos Arautos do Evangelho.

O que falta mesmo a essa seita anti-Arautos é conhecimento teológico, e também um pouco de civilidade e bons modos.

Vou eu, caro leitor, me levantar contra o médico que perfura com agulhas e corta com lâminas o pobre do enfermo, a fim de curá-lo?

Conhecimento nunca será o suficiente… E para esses desta seita anti-Arautos, de fato, o que falta é conhecimento. Mas, sabemos que algumas vezes, existe uma ignorância culposa, possível de sanar com um pouco de bom espírito.

Da mesma forma que censuram Monsenhor João sobre a utilização de uma folha de papel para expulsar um demônio, com muito mais motivo devem então censurar a Nosso Senhor Jesus Cristo que, a golpe de chibata expulsou os vendilhões – entenda-se por demônios – do templo. Ou então a São Bento, que esbofeteou um de seus filhos espirituais, que na ocasião estava possesso e o livrou da ação maligna. Ou mesmo o Santo Padre Pio, que lançou-se a pontapés contra uma possessa e a livrou de um espírito das trevas.

E mais ainda, e este caso caríssimo leitor, figura uma de minhas passagens históricas preferidas, São Leofredo, que, ao perceber a presença do demônio na Capela de seu Mosteiro, mandou que fechassem todas as janelas e as abençoou para que este demônio não pudesse de lá sair, e ele partir a socos e murros para cima do desgraçado espírito infernal, até que esse conseguisse fugir por uma fresta. Violência contra o pobre demônio! Por favor…

Todos esses Santos usaram de violência excessiva e desnecessária? O demônio sendo um espírito, não sente os golpes. E além disso, feriu a dignidade da pessoa vexada?


Assim sendo…

Hipócritas temerários! Logo-se vê que não conhecem a Teologia Espiritual.

Para se acusar de algo, deve-se antes conhecer do que se está acusando, para não ocorrer de dar com os burros n’água, de se passar por imbecil, ignorante.

Mas é isso o reservado aos filhos da serpente.

Maldito ser orgulhoso, não tolera humilhações. E esse é o papel deste blog. Humilhar o demônio e qualquer um que a ele se submeta. Vamos derrubar por terra todas as calúnias, mentiras, tudo que esta seita anti-Arautos está fazendo, mesmo que utilizando… papeletas plastificadas!

E tudo conforme manda nossa Santa Igreja Católica! Pois temos uma certeza, a certeza de que as portas do Inferno jamais prevalecerão (cf. Mt 16,18).

28 thoughts to “Exorcismos – Violência contra o pobre demônio”

    1. Belíssimo texto, o que dizer depois de uma excelente explicação!?
      Os filhos das trevas não argumentam, pois a verdade incomoda no reino da mentira.

  1. Fenomenal o texto!!!
    Cristalino como água!
    Chegou a hora de dar um fim em todas essas calúnias que envolvem os “vídeos”, como acabaram ficando conhecidos.

    Ansiosa para as próximas publicações

  2. O grande problema é que as pessoa não acreditam que o demônio existe, apart desse pressuposto tudo q envolve o maldito não interessa as pessoas. A maior arma dele é essa trabalha p q todos não acredite q ele existe, assim ira fazer sua maldade livremente.

  3. E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará (João 8:32). Como os que atacam não querem a verdade mas a busca de satisfazer suas ganâncias pessoais inventam histórias e mais histórias.
    Bem podem ser chamados de filhos de fariseus, pois, de maneira análoga, dizem: “é por Belzebu que Ele expulsa os demônios”.

  4. Muito esclarecedor. Realmente, faz muita falta o conhecimento da doutrina da Igreja. Parabéns pela iniciativa de defender os Arautos contra os ataques de pessoas mal intencionadas.

  5. Impressionante!
    Artigo claríssimo!
    Trecho do artigo:
    “com muito mais motivo devem então censurar a Nosso Senhor Jesus Cristo que, a golpe de chibata expulsou os vendilhões – entenda-se por demônios – do templo”
    ??????

  6. Os frutos dos Arautos são bons, a árvore é boa. O que diz Nosso Senhor? Conhecereis a árvore pelo seus frutos. Não há o que discutir, não há.

    O trigo vai crescer, o joio também, deixe que a colheita será feita em algum momento.

    Eu já tentei me enganar muitas vezes por muito tempo, acreditando que as pessoas que fazem isso eram ignorantes, me esforçei muito, mas desisti porque não são, são pessoas ruins. Ruins mesmo, filhos das trevas.

  7. Quando surgiu os vídeo dos Exorcismos, eu pensei comigo: os Arautos não fazem nada que não esteja com as normas canonicas. Vou aguardar.
    Saiu o comunicado dos Arautos com o bispo d lê Bragança. Pronto! Ficou claro pra mim….
    Todo mundo que fica atacando os Arautos por causa disso, tem conhecimento zero de Direito Canônico….
    Eles msm fazem a Inquisição e condenam os Arautos…

  8. Salve Maria! Bem como disse nossa irmã Nanci, as vezes até na icredulidade o demônio age!!! Faz com que nao acreditemos em sua existência. E faz um grande esyrago nas mente desinformadas ou mal informadas!! Parabéns a esse esclarecimento, é de grande aproveitamento!!!!

  9. Perfeito. Conheço muitas pessoas que estão indignadas com estes ataques, mentiras e calunias que tais grupos estão fazendo aos Arautos.

    Parabéns pela iniciativa!

  10. Perfeita explicação, só não entenderá agora, quem não quiser ou que tenha bloqueios de raciocínio, só está colocação de associar os instrumentos usados pelos médicos, que para curar e salvar vidas , tem que ferir o paciente, é perfeito. Aliás perfeição está em tudo que envolve os Arautos. Fazem sempre o de melhor de si para o bem do outro.

  11. só não entende quem não quer , não conhecia a doutrina católica assim , quando tentam fazer mal a igreja , mostrando algo licito para caluniá-la , a serpente pisa na própria calda , pois muitos que não conheciam a verdade agora estão conhecendo através desses artigos , parabéns e obrigado pela aula de doutrina Católica

  12. Qual filho vendo seu pai apanhando não se revoltaria? Claro está o porque de sentirem tanta pena de um espírito maldito, precipitado no inferno pelo próprio Deus: filhos das trevas!!!!

  13. A maior arma que o demônio usa é que as pessoas pensem que ele não existe . consequentemente ele se torna um coitadinho e aí fingindo de anjo amiguinho toma conta da alma e a leva para o inferno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *